Sociedade

7 Estratégias para gerir as derrotas nos jogos de póquer

Conheça o conceito de bad beats, as diferenças entre os coolers e algumas estratégias para os gerir.

FitJazz
30 de Mai de 2024
8 min ler
Notíciascasinoblogue

Atenção!

Oferta limitada

Saiba mais

7 Estratégias para gerir as derrotas nos jogos de póquer

Perder no poker é inevitável - mesmo para os melhores jogadores. Quer esteja em jogos a dinheiro ou em torneios, irá deparar-se com algumas perdas difíceis durante o seu tempo nas mesas. A parte mais difícil é que, por vezes, estas perdas surgem depois de jogadas extraordinárias.

Embora possa não fazer muito sentido, é um facto conhecido que a sorte desempenha um papel significativo em todas as mãos de poker. De vez em quando, perderá mãos que deveria ganhar, seja devido a um bad beat ou a um outdraw.

Para o ajudar a preparar-se para estas situações, vamos discutir o que é um bad beat, como difere de um cooler e as estratégias que pode utilizar para lidar com estas perdas de forma graciosa.

O que é um Bad Beat no Póquer?

Um bad beat acontece quando se perde uma mão mesmo sendo o favorito para ganhar. Em cada mão de póquer, há um favorito (o jogador com mais probabilidades de ganhar) e um cão (o jogador com menos probabilidades de ganhar).

Se vir o póquer na televisão, reparará que a maioria dos programas apresenta as probabilidades de cada jogador ganhar a mão antes do flop, no flop e no turn. As probabilidades flutuam ao longo da mão.

Um exemplo de bad beat seria perder com ases de bolso após all-in pré-flop contra uma mão do mesmo naipe de T9. Embora não seja a pior coisa que pode acontecer no poker, não deixa de ser doloroso.

Já estive muitas vezes a receber um "one outer" na minha carreira. Isto significa que o meu adversário precisava apenas de uma carta do baralho para ganhar - e conseguiu-a. Perder nestas situações pode ser doloroso, mas deve tentar não deixar que isso o incomode.

Se se sentir facilmente inclinado por perder qualquer mão em que esteja a ser favorecido, não se vai dar bem nas mesas. As "bad beats" como estas acontecem frequentemente.

  • Tilt: O que é e como evitar o Tilting

Quão comuns são as bad beats?

A frequência das bad beats depende do tipo de jogo que está a jogar. Os jogos de pilha rasa, como os torneios SNG, são mais propensos a bad beats. Os jogos profundos, como os jogos a dinheiro ao vivo, tendem a ter menos.

No entanto, uma bad beat num jogo a dinheiro ao vivo pode ser mais devastadora do que uma simples perda com ases de bolso num torneio, por isso é tudo relativo.

Independentemente do tipo de jogo que preferir, deve preparar-se mentalmente para as bad beats antes de começar a jogar.

O que são coolers no póquer?

Um cooler é outra situação no poker que pode ser incrivelmente frustrante. Acontece quando tem uma mão monstruosa mas o seu adversário acaba por ter uma ainda melhor, resultando numa perda massiva.

Por exemplo, receber uma mão de reis de bolso e fazer all-in pré-flop contra ases de bolso é considerado um cooler. Esta situação deixa-o quase sem hipóteses de ganhar e ver que o seu adversário tem AA é devastador.

Outros exemplos ocorrem pós-flop, como fazer um nut flush e perder para um straight flush ou um full house mais alto.

Na sua essência, os coolers são semelhantes às bad beats, exceto que os jogadores envolvidos normalmente recebem o seu dinheiro com mãos muito fortes.

Tanto as bad beats como os coolers podem ser difíceis de lidar, por isso vamos falar sobre algumas formas de lidar com eles.

Dicas para lidar com Bad Beats e Coolers

Por mais inevitáveis que sejam, as bad beats e os coolers fazem parte do poker. Aprender a lidar com estas situações é crucial para o seu sucesso nas mesas.

Algumas das maiores perdas que já vi nas mesas de poker foram causadas por jogadores que entraram em tilt após uma bad beat ou cooler, tomando decisões precipitadas e jogando como maníacos.

Para ser um jogador de poker bem sucedido, precisa de desenvolver estratégias para lidar com estas situações inevitáveis.

1. Faça uma pausa

Quando confrontado com um bad beat ou um cooler, dê um passo atrás e faça uma pequena pausa no jogo. Isto dar-lhe-á tempo para limpar a sua mente e permitir-lhe-á abordar o jogo com uma nova perspetiva.

2. Analise o seu jogo

Por vezes, estas perdas dolorosas ocorrem devido aos seus próprios erros. É importante rever o seu jogo e ver se há algo que poderia ter feito de forma diferente para melhorar as suas hipóteses de ganhar.

3. Confie na sua habilidade

Lembre-se que o resultado de uma mão muitas vezes tem pouco a ver com as suas capacidades como jogador. As bad beats e os coolers fazem parte do jogo e nem sempre é possível controlar as cartas que surgem no seu caminho. Confie nas suas capacidades e saiba que terá muitas oportunidades para compensar essas perdas.

4. Mantenha-se mentalmente forte

A capacidade de se manter concentrado e composto durante situações difíceis é um elemento chave para jogadores de poker de sucesso. Pratique manter a calma e o controlo quando se deparar com bad beats ou coolers e estará melhor preparado para quando estes ocorrerem inevitavelmente.

5. Aprenda com as suas experiências

Cada bad beat ou cooler oferece-lhe uma oportunidade de aprendizagem. Tome nota do que aconteceu, reflicta sobre as suas acções e pense em como poderá alterar a sua estratégia da próxima vez.

  • Texas Hold'em: Que mãos batem qual?

A forma mais simples de recuperar a sua compostura e voltar a jogar no seu melhor depois de ter tido uma mão má é fazer uma pequena pausa no jogo.

Se estiver a jogar num ambiente ao vivo, pode fazer esta pausa afastando-se da mesa, dirigindo-se para a área de estar e tirando algum tempo para processar a perda.

A longo prazo, as ocorrências que induzem perdas não são um grande problema. No entanto, podem afetar temporariamente o seu jogo. Uma pequena pausa no jogo pode ajudá-lo a esquecer a mão que perdeu, permitindo-lhe voltar a jogar bem.

Fazer uma pausa pode ser mais difícil em jogos de torneios online, uma vez que não pode simplesmente sair sem ser penalizado, mas até isso pode valer a pena se resultar no facto de jogar o seu melhor poker.

Se se deparar com uma série de mãos infelizes que o deixem mentalmente esgotado, pode optar por fazer uma pausa mais longa. Afastar-se do jogo durante alguns dias e envolver-se noutras actividades pode ser benéfico.

Independentemente da sua decisão, é essencial lembrar que as ocorrências que induzem à perda são uma parte típica do jogo e acontecerão frequentemente, especialmente quando os seus adversários estão a jogar mal.

2. Inicie uma sessão de estudo

Uma das coisas que gosto de fazer depois de ter tido uma mão má ou várias mãos más durante uma sessão é mergulhar nos detalhes e analisar essas mãos.

Durante estas sessões de estudo, pode descobrir erros na forma como jogou a mão que levou à perda, ou pode concluir que jogou a mão na perfeição.

Independentemente disso, irá melhorar o seu jogo para o futuro ou perceber que não havia nada que pudesse ter feito para evitar a perda.

Quando tiver a certeza de como a mão correu e de que não cometeu nenhum erro, sentir-se-á melhor consigo próprio e mais bem preparado para voltar ao campo de jogo.

3. Manter uma banca estável

As bad beats são dolorosas de qualquer forma, mas são ainda mais dolorosas se não estiver dentro das suas possibilidades financeiras.

O nível de variação que irá encontrar no jogo que escolheu determinará o tamanho da banca que deve ter.

Se estiver a jogar um jogo altamente volátil, precisará de uma banca enorme em comparação com o buy-in. Isto aliviará as preocupações com perdas individuais e "coolers".

Independentemente do seu tipo de jogo, nunca deve jogar poker com apenas alguns buy-ins. Em vez disso, certifique-se de que a sua banca é suficientemente grande para evitar perdas catastróficas.

Quanto maior for a sua banca, mais fácil será lidar com os maus resultados e sentir-se menos envolvido emocionalmente.

4. Concentre-se no que é importante

Antes mesmo de pôr os pés no casino ou de lançar a sua aplicação de póquer, deve preparar-se mentalmente para as bad beats.

Tem de entrar nas suas sessões de póquer com o entendimento de que as bad beats vão acontecer e que são inconsequentes no grande esquema das coisas.

A sua concentração deve ser em jogar bem, colocar-se em situações favoráveis e evitar erros graves.

Embora não possa jogar de forma impecável, o objetivo de melhorar o jogo resultará em ganhos significativos a longo prazo, e nenhum azar pode alterar isso.

Se estiver fixado na mão anterior, pode dar por si a procurar vingança ou a tentar infligir um evento semelhante aos seus adversários por despeito. Esta é uma má decisão e resultará na perda de mais fichas. Não há forma de controlar as acções dos seus adversários ou o baralho.

5. Avalie as suas mãos

Em qualquer situação, independentemente do resultado, deve jogar a melhor mão que lhe for dada.

Quando a mão anterior tiver terminado, concentre-se na sua mão atual. Considere as suas cartas, o tamanho da pilha em relação às blinds e as acções à sua frente.

Reflicta sobre os gráficos pré-flop e as jogadas posicionais para determinar a estratégia mais eficaz para a situação atual.

Não há maneira de reverter o resultado da mão anterior, por isso concentre-se em ganhar novas fichas e continuar a sua série de vitórias.

6. Evite culpar o outro jogador

É comum que os jogadores fiquem agitados com um adversário, rotulando-o como o vilão da noite.

Quando isto acontece, o jogador muitas vezes tenta atingir o vilão com múltiplos re-raises e um jogo inferior.

Esta abordagem não é uma forma de ter sucesso no póquer!

Independentemente da forma como um adversário ganha contra si, precisa de manter a sua concentração e jogar o melhor jogo possível contra ele e contra todos os outros.

  • Texto original

Concentrar-se apenas num adversário pode levá-lo a encontrar outros que tirarão o máximo proveito do seu rancor pessoal. Até mesmo o antagonista pode reivindicar o controlo do seu espírito com a sua própria mão.

Tenta regressar aos fundamentos do póquer e avalia com precisão o alcance de cada jogador, em vez de tentares, sem rumo, dominar um adversário específico.

7. Abrace a Dobra

Inevitavelmente, ocorrerão algumas batidas desfavoráveis no flop ou no turn, deixando-o como favorito com as suas apostas. Em situações como estas, não há forma de compensar as perdas.

No entanto, há casos em que sofreu batidas desfavoráveis sem ir all-in antes, sendo agora forçado a igualar a grande aposta do seu adversário no river.

Imagine um cenário em que apostou demasiado no turn com um par de reis e um board com rainha e dois paus. O seu concorrente faz call e a carta do river revela o ás de paus. O seu adversário aposta tudo!

Pode querer vingar-se, escolhendo fazer call apesar de saber que o seu adversário provavelmente possui o flush ou outra mão superior à sua.

Esta decisão é desastrosa e deve ser evitada. Em vez disso, esteja disposto a aceitar a derrota mesmo nos casos em que o seu adversário fez um call irritante no flop ou no turn e milagrosamente o venceu.

Cultivar uma mentalidade estratégica e conservar fundos nestes cenários pode ter um impacto substancial a longo prazo, uma vez que poupará uma soma considerável ao fazer jogadas inteligentes apesar das suas emoções.

Leia também:

Fonte:

Atenção!

Oferta limitada

Saiba mais