Temas quentes

Os benefícios fiscais da Star Entertainment não vão impedir a sua perda de receitas de 2 mil milhões de dólares

A Star Entertainment continua a recuperar de centenas de milhões de dólares em multas, mas os benefícios fiscais não vão salvar a empresa de uma perda de receitas de 2 mil milhões de dólares.

FitJazz
8 de Abr de 2024
3 min ler
Notíciascasino
Casino Star de Sydney à noite. O operador de casinos Star Entertainment registou um prejuízo de 2....aussiedlerbote.de
Casino Star de Sydney à noite. O operador de casinos Star Entertainment registou um prejuízo de 2 mil milhões de dólares, numa altura em que tenta recuperar de vários escândalos..aussiedlerbote.de

Atenção!

Oferta limitada

Saiba mais

Os benefícios fiscais da Star Entertainment não vão impedir a sua perda de receitas de 2 mil milhões de dólares

O operador de casinos australiano Star Entertainment obteve recentemente uma pequena vitória ao conseguir evitar um grande aumento de impostos. No entanto, a empresa, que foi condenada por branqueamento de capitais e outros crimes em todo o país, não conseguiu suprimir as más notícias, com o seu último relatório de receitas a apresentar um prejuízo de 2,4 mil milhões de dólares australianos (1,54 mil milhões de dólares).

O prejuízo no ano que terminou a 30 de junho deveu-se principalmente a reduções de custos em todos os casinos da empresa. Em resposta a investigações e sanções por infracções aos regulamentos contra o branqueamento de capitais, a empresa informou a Bolsa de Valores da Austrália que tinha concedido 2,17 mil milhões de dólares australianos (USD) ao The Star Hotel Sydney, ao The Star Hotel Gold Coast e ao Brisbane Treasury. A cotação do dólar australiano (USD) desvalorizou-se em 1,4 mil milhões de dólares).

Além disso, a Star anunciou uma série de encargos que terão um impacto negativo nos seus resultados. Isso incluiu 595 milhões de dólares australianos (383,6 milhões de dólares) em honorários legais, 54 milhões de dólares australianos (34,8 milhões de dólares) em encargos de reestruturação da dívida e 16 milhões de dólares australianos (mil milhões de dólares, 3 milhões de dólares) em encargos de despedimento.

Poderia ser pior

A boa notícia é que, apesar das perdas, a Star aumentou a receita durante o ano fiscal. O lucro total aumentou 22% para A$1,86 mil milhões ($1,2 mil milhões), reflectindo a recuperação do ano fiscal anterior e o impacto da COVID-19.

Além disso, a Star também anunciou que o EBITDA (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) aumentou 34% para A$ 317 milhões (US$ 204,37 milhões). Esta expansão deve-se a condições favoráveis em comparação com o ano fiscal anterior e ao impacto da pandemia na indústria do jogo.

Apesar das dificuldades, a empresa continua a lutar, particularmente com os seus esforços no Sydney Star. Vários factores afectaram o crescimento do hotel, incluindo o aumento das exclusões de hóspedes, as restrições operacionais, a concorrência do Crowne Plaza Sydney e a diminuição das despesas dos clientes.

Apesar dos obstáculos, a receita do Sydney Star Hotel cresceu significativamente em 26% para AU$ 984 milhões (US$ 634 milhões). O EBITDA do hotel cresceu 57% para A$127 milhões (US$81,87 milhões).

Em contrapartida, o Gold Coast Star teve um forte início de ano, impulsionado por um ressurgimento do turismo doméstico. No entanto, esta dinâmica abrandou à medida que as viagens internacionais foram sendo gradualmente retomadas. A receita e o EBITDA aumentaram para AU$509 milhões e AU$107 milhões, respetivamente (US$328,15 milhões e US$68,98 milhões, respetivamente), um aumento de 20% em relação ao ano anterior.

O Treasury Casino de Brisbane registou uma receita total de 375 milhões de dólares australianos (241,76 dólares), um aumento de 15%. Após a abertura do novo casino Queen's Wharf do Star em Brisbane, prevista para o início do próximo ano, o local deixará de existir na sua forma atual.

Cais Novo litígio jurídico

Na terça-feira, a Star anunciou que a sua joint venture para desenvolver o complexo Queen's Wharf tinha recebido um "pedido formal de arbitragem". A Multiplex Constructions Qld Pty Ltd, o principal empreiteiro do projeto, não está satisfeita com o progresso do desenvolvimento.

Esta última questão jurídica está relacionada com outra contestação anunciada na semana passada. O promotor rejeitou um pedido de indemnização no valor de quase 360 milhões de dólares australianos (231,7 milhões de dólares) contra si devido a atrasos no projeto. Separadamente, a empresa anunciou que estava a pedir 420 milhões de dólares australianos (270,77 milhões de dólares) ao consórcio Star para cobrir os custos incorridos devido aos atrasos.

O consórcio de Brisbane foi criado em parceria com o Star Group, Chow Tai Fook Enterprises Limited e Far East Development Limited. O Star Group detém 50% das acções, enquanto a Chow Tai Fook Enterprises Limited e a Far East Development Limited detêm, cada uma, 25% das acções. O recurso da Multiplex contra a sentença argumentava que a empresa devia ser indemnizada pelo grupo e considerava que este era responsável pelos atrasos.

Leia também:

Fonte: www.casino.org

Atenção!

Oferta limitada

Saiba mais